sábado, 25 de maio de 2013

Presidente do TJRN participa de inauguração de fórum da Justiça Eleitoral








O presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Aderson Silvino, participou na tarde de hoje (24) da inauguração do Cartório Eleitoral da 67ª Zona Eleitoral, em Nísia Floresta. De acordo com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador João Rebouças, a nova sede da Justiça Eleitoral (JE) no município é a concretização dos esforços para o aparelhamento e modernização da JE no Rio Grande do Norte, que vem centralizando suas atenções e investimentos no eleitor. O novo fórum tem uma área de 184,95 m² e está orçado em R$ 254 mil.
Presentes à solenidade, o decano do TJRN, desembargador Amaury Moura Sobrinho; o juiz da 67ª Zona Eleitoral, Henrique Baltazar; o juiz eleitoral Virgílio Paiva; a prefeita de Nísia Floresta, Camila Maciel; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta; a diretora do TRE, Andrea Toscano Campos; o presidente da Câmara de Vereadores do município, Jorge Januário de Carvalho, além de secretários e vereadores de Nísia Floresta. A solenidade contou ainda com a participação das crianças do Grupo Sanfônico do Museu do Vaqueiro, sob regência de Wycliffe Gomes.
O desembargador João Rebouças, presidente do TRE, falou dos esforços empreendidos pelo Tribunal para tornar a Justiça Eleitoral cada vez mais segura, transparente, célere e eficiente, ressaltando que o objetivo maior é garantir que o voto seja livre e que deva ser conquistado, dentro do processo democrático e pelo exercício da cidadania. João Rebouças destacou o trabalho de implantação do voto biométrico no Rio Grande do Norte, cujo cadastramento da população já foi iniciado em 40 municípios. O sistema garante transparência e segurança ao processo de votação, praticamente eliminando o risco de fraudes sobre a identidade do votante. Ainda este ano, mais de 50% já estará cadastrada e a meta é chegar a 100% da população apta ao voto até 2018.
O juiz Henrique Baltazar celebrou a inauguração do Cartório Eleitoral como a consolidação de um serviço público voltado sobretudo para o cidadão, com o objetivo de assegurar o voto enquanto expressão maior da cidadania. “Torna-se físico um importante símbolo que é a Justiça Eleitoral”.
A prefeita do município, Camila Maciel, ressaltou os esforços empreendidos para a idealização e construção da nova sede, ressaltando que a melhoria das instalações beneficia não apenas os servidores e usuários do prédio, mas é uma celebração da cidadania, que se fortalece por meio da Justiça Eleitoral.

Fonte: TJRN
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial